Gesto de Chicão não foi bem recebido pelo elenco

O pedido de Chicão para deixar a concentração antes do clássico contra o São Paulo foi mal recebido pelo grupo corintiano. Apesar das declarações via imprensa em tom apaziguador, o LANCENET! apurou que os companheiros repudiaram sua atitude.

O sentimento, escondido em entrevistas burocráticas, tradicionais no futebol quando o assunto é polêmico, foi externado por Ralf. Após o empate sem gols no Morumbi, o volante afirmou que a atitude do camisa 3 não foi das melhores.

– O desrespeito nem foi tanto a nós jogadores, mas foi mais com a diretoria, que dá todo o respaldo para a gente e não merece isso como troco, e ao atleta que iria entrar no lugar dele – afirmou o jogador, com exclusividade ao LANCENET!.

A declaração de Ralf não tem nada a ver com brigas internas, rixas ou panelinhas. O grupo não estava nem ficou dividido após a atitude do ex-capitão da equipe. A reação do camisa 5, na verdade, foi apenas consequência de seu jeito de ser, de uma certa inocência que não se vê dentro do futebol. Pelo "acordo informal" dos boleiros, Ralf deveria ter feito o "politicamente correto".

A situação de Chicão perante ao grupo corintiano só não ficou pior porque o zagueiro resolveu dar satisfação a cada um dos companheiros ainda no hotel, na noite da última terça-feira. O camisa 3 foi a todos os quartos para explicar que não tinha condições psicológicas de ficar no banco, que poderia atrapalhar mais do que ajudar. Algo que não resolveu, mas ajudou.

Alguns jogadores não foram tão radicais quanto foi Ralf, mas deixaram nas entrelinhas que não receberam tão bem assim a atitude do ex-capitão corintiano. Fábio Santos, por exemplo, apesar de ter afirmado que Chicão foi "homem por ter agido como agiu", lembrou que não condenaria aqueles que pensam ao contrário, que o repudiam.

A atitude do camisa 6, que aceitou ir para o jogo mesmo sem ter treinado na semana, também foi usada para cutucar o zagueiro.

Fonte Lancenet

Um comentário:

  1. Samuel José Carvalho23 de setembro de 2011 11:19

    isso poderia ter acontecido com qualquer outro jogador menos com o Chicão. Ele é o capitão do time e tem que dar o exemplo. Não esperava isso dele. faz com que o clima entre os jogadores fique ruim e da mal exemplo uma vez que se um jogador vê que seu capitão faz isso ele pode ficar no direito de fazer também.

    ResponderExcluir